Pesadelos ao amanhacer

quarta-feira, 2 de março de 2011.
   
Pesadelos do amanhecer me fazem crer
Que assim não posso viver
Preso e atormentado pela dor
Pela dor de estar longe do meu amor


Longe da cor, 
da cor dos seus olhos
Longe do toque, 
do toque macio dos seus lábios


Longe do som que alivia minha dor
Que de nada adiantou
O suplicio da dor
Que perdura na memória


E é o que me faz ver, 
que difícil sentir
O que é viver, 
o que é viver sem ti
Que me angustiam ao anoitecer só de saber
Que pra viver preciso de ti

4 Comentários:

KaaH Joe disse...

Tá bonito, porém triste...

rafael disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
rafael disse...

muito lindo e intenso
ta maxa!
'-'

Stephane Ribeiro disse...

Muito fofo, Intenso, gostei mesmo, continue assim rapaz... *---*'

Postar um comentário

 
Baixar Sertanejo - Templates Grátis