Ausência tua .

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011.
  
Quando você não está por perto uma escuridão toma conta do meu ser

Quando eu fecho os olhos sinto o gosto amargo da solidão

Quando eu te vejo me embriago com teu olhar

E tudo que quero acreditar

É que de algum modo você possa me sentir

Mesmo estando longe que possa sentir

O amor que não consegui esconder

Por que todos os dias eu prezo por tuas palavras

Por que todos os dias eu prezo por um beijo seu

Quando a luz apaga eu te vejo no meu olhar

Quando fecho os olhos ainda assim consigo te ver

E dói saber que te vejo, mas não consigo te tocar

A escuridão me abraçou e esqueceu-se de ir embora

Agora aqui estou preso sem ter pra onde ir

Perdido nas lembranças de te ver sorrir

Foi e não voltou e agora aqui estou

Te esperando na angustiante incerteza

De saber se vai voltar.

3 Comentários:

PsicodelicoW#3 disse...

òtimo poema eh triste e muito profundo, tocda o coração das pessoas, pq afinal quem nunca se sentiu sozinho?

Taciliany' Kedelh disse...

É, realmente... Todos nós já sentimos a dor de ver alguém partir de nossas vidas e não voltar mais...

... disse...

Muito bonito .. suas palavras são tocantes =)

Postar um comentário

 
Baixar Sertanejo - Templates Grátis